Parceiros e Afiliados
RPGs Parceiros
Afiliados em Geral

Salão dos rituais

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Salão dos rituais

Mensagem por The Holy Death em Qua 10 Set 2014, 22:41



Salão dos rituais

Um salão negro e com solo unicamente decorador por um enorme pentagrama vermelho que se localiza ao chão e ao meio uma foice é enterrada. Na parede existem escrituras semelhantes em laosiano que se definem em "ບໍ່ມີການເສຍຊີວິດ cheats ເປັນລາວ deceives ຕາຍ". No centro do pentagrama existem quatro itens: Uma faca de cabo negro, um livro grosso e negro, um espelho espinhoso e uma luva. - Não se toca em magia que Dionisio ousou em criar, pode ser perigoso! Hahaha, que se dane!- últimas palavras de um comensal curioso. 


The Holy Death
avatar
Cargo : NPC


Varinha : Já ouviu falar na Varinha de Sabugueiro? Pois é, eu que criei '-'


Administradores

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Salão dos rituais

Mensagem por Dionisio R. Howard em Dom 26 Out 2014, 00:23

I Feel Pretty
As bodas e as rosas
Então o homem e o livro faziam toda a sala tremer. A cada pronúncia, uma lágrima e a cada lágrima uma invocação.
As páginas de rituais passavam numa velocidade abrupta enquanto o homem, vestido com sua bata negra, gritava os rituais e fazia as piores magias de necromancia já reconhecida no mundo bruxo.
- QUE PELAS MINHAS PALAVRAS A ALMA DA MORTE SENTENCIADA VOLTE A VIDA... QUE VOLTA A MINHA AMADAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!- Gritava enquanto a adaga viva cortava a sala de um lado para o outro e o olho do homem ficava completamente negro, como se estivesse sendo possuído- HOMENARIIIIIIIIIIII IMPERAVIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII! INFERIS DOMINUSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS! HOMENARIIIIIIIII IMPERAVIIIIIIIIIIIIII! INFERISSSSSSSS DOMINUSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS!
Dizia enquanto fazia movimentos ondulares com as mãos e o pentagrama pegava fogo e cuspia-o feito um vulcão, contudo o homem não queimava-se.
-SEMPRE CRESCE E DECRESCE VIDA DETESTÁVEL, DAR-ME NOVAMENTE O QUE UM DIA ME DEU OU ABANDONA-ME NA MISÉRIA! VAMOS RESPONDAM-ME GRANDES ESPÍRITOS! OSHUAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!
Gritava enquanto girava com os braços erguidos para o teto e via sombras negras passarem pelo local. Via logo um redemoinho negro cercar o pentagrama e enormes olhos emergirem de dentro do mesmo, Dionisio gritava feito um doido enquanto estendia a mão em direção ao olho.
- Rá TIM BUM! RÁ TIM BUM! RÁ TIM BUM! MOBILITA LA MUERTE!  ECEREPA UMAD ZEV! OUSHUAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA! BOM BOM BOM! OUSHUAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!- Falava enquanto uma pedra negra começava a sair do redemoinho- MOBILITA LA MUERTE! ECEREPA UMAD ZEV! OSHUAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA! OSHUAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA! MOBILITA LA MUERTE, OBEDECE-TE AO VOSSO IMPERADORRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRR!! RÁ TIM BUM! BUHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH!
Logo o redemoinho ficava mais rápido e risos eram escutados de dentro do mesmo, logo a pedra encontrou a mão de Dionisio e o mesmo riu.
- Apenas algum tempo!- Disse colocando a pedra na testa- Apenas quero revê-la, deixe-me vê-la! BUM BUM BUMMMMMMMMMMMMMMMMMM! OSHUAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!- Disse assoprando a pedra e rumando-a contra o redemoinho. Logo uma espécie de túnel foi aberto.
- CABUS MY RAMOOOOOOOOOOO! OSHUAAAAAAAAAAAAAAAA! MOBILITA LA MUERTE! ECEREPA UMAD ZEVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVV!- Disse levantando as mãos para o ar enquanto trovões eram escutados e uma enorme ventania tomou o local.

Dionisio R. Howard
avatar
Cargo : Mercenário


Varinha : Carvalho, Pena de Fênix, 36 cm, Bastante Flexível


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Salão dos rituais

Mensagem por Dionisio R. Howard em Dom 26 Out 2014, 01:03

I Feel Pretty
As bodas e as rosas
E como um liquidificador o redemoinho continuava a girar com o homem que o provocava dentro do mesmo. Os trovões eram cada vez mais intensos enquanto assim como as invocações do bruxo que não parava com o braço e fórmulas mágicas.
- ADAN ME-RAGEN ED OTIERID O IUSSOP OAN! OSHUAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA! OGIMOC OSSI ÇAFA AON! COM AS ALMAS DAS TREVAS E OS GRANDES ANCIÕES, PELO FOGO DO AR, MINHA NOIVA VIRAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!- o redemoinho agora ficara tão rápido que o homem levitava com os braços abertos e com dificuldade de respirar- OSHUAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA! ECEREPA UMAD ZEVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVV! ECEREPA UMAD ZEVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVV! ECEREPAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA UMADDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDD ZEVVVVVVVV!
Dois trovões então encontraram o centro do redemoinho e os olhos aumentavam, contudo vozes vieram ao escutar de Dionisio... vozes diferentes das dos inferis... uma voz de um bruxo. Logo Dionisio perdeu o equilíbrio da levitação.
- ECEREPA UMADDDDDDD ZEVVVVVVVVVVVVVVV!
Disse levantando os braços para frente. Logo percebeu que outra pessoa fazia um distinto ritual com a alma em que ele agora tentava enfeitiçar. Contudo  esse outro ente mágico possuía um artefato de ligação com a alma mais forte ou uma melhor proficiência em magia.
"Noctis?!"
Dionisio então desequilibrou-se novamente. Decidiu então não perder a ligação com o ritual. Ergueu os braços, o redemoinho então ficou mais rápido enquanto o bruxo ganhava altitude.
- ECEPERAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA UMADDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDD ZEVVVVVVVVVVVVVVVV! -Gritava repetidamente- RÁ TIM BUM! RÁ TIM BUM! RÁ TIM BUM! RÁ TIM BUM!  
Logo a voz masculina tomou a mente do homem de uma forma mais forte e as palavras entoadas pelo mesmo eram repercutidas por toda sala.
"Mobilitos almae mortis" and "conjurius Horcrux"!
Dionisio então arregalou os olhos e antes que pronuncia-se algo ou fizesse qualquer movimento, foi engolido pelo redemoinho. O bruxo então girava pela sala juntamente ao feroz fenômeno que o guiava. Lá se iam Dionisio, o livro e a pedra.
- AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH!- Gritava enquanto seguia o guia do redemoinho em várias piruetas involuntárias- RÁ TIM...- tentava falar enquanto era girado de todas as formas no ar-  SE-LECENAC!
Logo em uma forte brisa o redemoinho parou e cuspiu Dionisio longe, contra a parede, juntamente ao seu livro. 
O homem estava ofegante.
- Conjurius... Horcrux? Alma da Sienna?- Logo uma tempestade de idéias veio a sua mente e sem dar atenção aos seus novos machucados levantou-se e seguiu em direção a biblioteca bruxa. Saio do local.

Dionisio R. Howard
avatar
Cargo : Mercenário


Varinha : Carvalho, Pena de Fênix, 36 cm, Bastante Flexível


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Salão dos rituais

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum