Parceiros e Afiliados
RPGs Parceiros
Afiliados em Geral

Aposentos de Dorothy

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Aposentos de Dorothy

Mensagem por The Horcrux em Sab 28 Fev 2015, 12:25



Dorothy


The Horcrux
avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aposentos de Dorothy

Mensagem por Dorothy von Stoichkov em Sex 27 Mar 2015, 23:36


Capítulo Indeterminado
Protegendo o quarto.

Anotações:
Babuínos bobocas, balbuciando em bando!

Apesar de odiar a mansão Bonham-Lyon, precisava dar um tempo de Hogwarts. Me sentia um pouco solitária, pois Charlotte agora só andava com Sawyer, a maçã. Para piorar, ainda tinha o casamento do irmão babaca de Galadriel, no qual eu com certeza teria de ir. Aparatei no meu quarto. O bom de "crescer" era que pelo menos agora conseguia aparatar. Deitei em minha cama acendendo um cigarro e retirando minha garrafa de bolso, do bolso, dã! Acendi o cigarro, liberando calmamente a fumaça, refletindo no quão futil a vida era, principalmente as pessoas. Beberiquei um pouco de vodka barada, uma das minhas mais favoritas e então, voltei a tragar o cigarro. Lembrei que Charlotte havia pego uma detenção, e a sonserina também havia perdido alguns pontos. Talvez se não proibissem tanta coisa na escola, diminuiriam o número de atividades "ilegais" entre os alunos. Não que "fumar ervas mágicas" esteja incluído nisso.

Fechei os olhos, cantarolando uma de minhas musicas favoritas. — Eu posso ficar um pouco bêbada, eu posso ser do contra, mas nos dias bons eu sou charmosa pra caralho... — Cantava com uma voz rouca, enquanto intercalava entre tragadas e bebericadas. Sim, eu era uma vadia chapada e não me importava nem um pouco com isso. Abri os olhos fitando o teto, pensando em meus irmãos. Sim, eles também me achavam uma vadia drogada, mas eu não me importava com isso. — Sou uma boa pessoa além de tudo. — Sussurrei para mim mesma, "tudo" era quase um "mesmo que todos digam o contrário". Me levantei da cama, com a cabeça um pouco confusa. Abri a porta de meu quarto e olhei para o corredor. 

Levantei da cama, parando no centro do meu quarto. Peguei a varinha dentro do bolso e pensei — Meu quarto é bonito demais pra alguém tentar fazer algo. — Conhecia as pestes que chamava de "irmão" e sabia que a qualquer momento alguém poderia fazer algo. — Repello Inimigotum! — Proferi o feitiço sem pena, mesmo sabendo que se algum parente meu tentasse entrar ali iria se ferrar. Talvez eu não fosse boa. Até porque eu gostava mesmo é de ver os outros se ferrando, e aquilo alimentava o meu prazer. — Desimo Domus! — Continuava a lançar os feitiços contra a janela e a porta. — Quem tentar entrar aqui vai se foder legal. — Disse dando uma risadinha baixa. — Idiotas... — Murmurei me jogando na cama, girando a varinha no ar. 
Dorothy von Stoichkov
avatar
Cargo : "Estudante"


Varinha : Castanheira, Pena de Fênix, 32 cm, Pouco Flexível


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum