Parceiros e Afiliados
RPGs Parceiros
Afiliados em Geral

[MINISTERIAL] Odélio Marc Solano

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[MINISTERIAL] Odélio Marc Solano

Mensagem por Odélio Marc Solano em Qua 02 Set 2015, 15:47

Odélio Marc Solano
OBLIVIADOR
Jensen Ackles
HABILIDADE
Bruxo
ESCOLA DE MAGIA E BRUXARIA DE HOGWARTS
LUFA-LUFA

História do Personagem
 > A lua brilhava fortemente em 4 de julho de 2002 quando as gotas da chuva começaram a cair e um choro de bebê fora ouvido por vários no hospital. Ele nasceu e começou ali uma pequena luta contra o destino, que por sua vez pregou muitas peças nele. Sendo filho único, recebeu tudo o que pedia, claro que obteve limites que seus pais acabaram dando durante algum tempo, mas isso não impediu um escanda-lo para conseguir algo, principalmente na infância. A infância de Odélio; divertida, passageira e confusa. Ele não sabia ao certo se aquilo que sentia era estranho, outras pessoas poderiam achar, já outras não. Cresceu sendo mimado pelos pais, apesar de ser de uma família de classe média, não deixou o dinheiro a mais lhe fazer mal. É nascido-trouxa, ou seja, tudo era uma novidade para os pais e obviamente para Odélio. Estudou todos os alunos letivos em Hogwarts, na qual as suas notas se destacavam em: Herbologia e Feitiços. Nas outras matérias ele tirava notas um pouco pior, mas conseguia se manter na posição dos 5 melhores. Seus anos letivos não passavam por meros dias de estudo, ele se esforçava muito, mas não recebia nada em troca. Tudo o que ele podia fazer naquele momento era estudar e se tornar alguém notável.... Amigos? Odélio não tinha amigos, na verdade ele sempre foi solitário e quieto, não quis ter amigos, na verdade muitas pessoas se aproximavam dele para tirar proveito de ser um dos melhores, mas ele não era ingênuo e acabou afastando tudo aquilo que poderia lhe fazer mal. Mas anos depois, ele descobriu que algumas delas queriam realmente ter uma amizade, já que o conteúdo que o mesmo tem é admirável... Acabou conseguindo ser do ministério dois anos depois de formado, não era o cargo que realmente queria, mas sim o qual ele merecia, nesse tempo ele não se esforçou e não conquistou tudo, sem os pais, ele não tinha uma proteção e nem um escudo, agora estava sozinho..

Características Psicológicas
 > Odélio sempre teve uma boa capacidade para tomar decisões e de executar tarefas sem ter pena alguma. Ele sempre teve uma boa atenção para os detalhes, já que o mundo coloca muitas coisas pequenas no seu caminho. Ele é um tanto agressivo, impaciente e ousado.
Ele conseguiu ter uma adaptabilidade nos cargos de trabalho, mas não se acostumou com isso. Raciocínio mental/verbal.  Ele sempre teve uma boa cabeça para as coisas, principalmente em tarefas, mas o seu ponto negativo nisso é a impaciência que tem. Alguns erros são cometidos por ele; Ansiedade e Preocupação. Em alguns casos esses dois vão ao extremo fazendo-lhe errar tudo... Odélio não se considera uma pessoa comum.
.

Narração de Cargo
Os trajes negros e longos e seu cabelo mal cortado faziam com que a sua aparência fosse notada, belo, só que com um toque sutil de simplicidade. Seu olhar levemente aberto fazendo uma expressão de que teve noite mal dormidas. Os seus passos ficavam cada vez mais rápidos ao chegar perto do local marcado, no momento somente as luzes dos postes clareavam a rua. - Acho que um café cairia bem agora. Falava com a mão esquerda no queixo.  

Odélio não estava muito feliz de estar ali, haviam tirado ele das férias para resolver esse pequeno problema, as informações que tinha eram poucas, mas que uma criança havia visto algo que não deveria ver. Não deveriam se preocupar com isso? Ele também pensou nisso, mas só que a mesma já estava falando demais e fazendo mal a si própria. Com a mão direita sobre o bolso da túnica pegou a sua varinha e caminhou em direção a porta principal, com um rápido giro no ar as luzes dos postes se apagaram ficando somente o brilho da lua sobre aquele local.  Tocando a ponta da varinha na fechadura da porta fez-lhe abrir. O silencio era total, os passos do bruxo eram tão silenciosos que podia ouvir somente uns zumbidos como se fosse algum bichinho andando pela casa. Odélio sabia exatamente onde o garoto estava e não teve dificuldades em chegar lá... - Não lamento por isso, mas será para o seu bem... Falou acariciando os cabelos do mesmo. O garoto não abriu os olhos, mas falou algo como... -- Papai? O coração pulsou mais forte, só que ele não poderia negar um pedido do ministério. Apontou a sua varinha, começou a executar o feitiço; -Obliviate o menino se mexeu um pouco, talvez fosse dolorido, mas Odelio não ligava mais para isso. Saiu dali com o trabalho feito, voltou para as suas férias e então ficou feliz novamente.
@ RPG HOGWARTS MW 2010-2015
Odélio Marc Solano
avatar
Cargo : ...


Varinha : Um Graveto.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum