Parceiros e Afiliados
RPGs Parceiros
Afiliados em Geral

Get a long with the voices inside of my head.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Get a long with the voices inside of my head.

Mensagem por Birgit Gyda Lothbrok em Sab 12 Dez 2015, 07:18

Kapitel 1

Quando mamãe me avisou de que a hora finalmente havia chegado, senti o estômago embrulhar e as pernas bambearem a ponto de quase cederem. O ar parecia mais denso, as cores mais vivas. Havia passado a infância inteira desejando conhecer meu pai, Londres e ingressar em Hogwarts. Brynja era uma boa mãe e desfrutar de sua companhia era uma dádiva, mas alguns buracos na vida que a gente precisa preencher para que a alegria jamais se esconda neles. Faltavam pilares na minha educação e na minha formação ética que facilmente seriam erguidos, bastava a hora chegar. Faltando poucos meses para completar meus onze verões, o momento chegara. Mamãe estava em minha frente com os olhos cobertos de lágrimas, ostentando um sorriso alegre, mesmo que seus olhos discordassem. Ela sabia, e me disse, que aquilo me faria feliz e isso a deixava feliz. Além disso, passaria boa parte das férias em sua companhia e ela iria me visitar sempre que pudesse. Não havia o menor resquício de amor por papai em seu peito, mas um homem que ela mal conhecia lhe dera seu maior presente e ela lhe era grata por isso. "Qualquer um poderia me engravidar", ela dizia, "mas nenhum outro teria me dado joia tão preciosa quanto Björn me deu. Espero que você jamais esqueça disso." E essa conversa sempre terminava em sorvetes ou guloseimas. Mamãe era uma bruxa incrível, muito inteligente e dona de uma beleza incontestável. Ela era um pacote completo e ficaria muito bem sem mim. 

Mudei. De cidade, de endereço, de família. Conheci papai, alguns meios-irmãos e uma vida completamente nova. Não obstante, preenchi todos os pequenos pedaços. Cresci e caí muitas vezes, mas joelhos ralados não matam e eu me erguia novamente, cada vez mais forte e firme. As coisas estavam indo bem, em síntese, até que a última parte do sonho se tornou realidade. Estava brincando com uma de minhas meia-irmã quando a coruja passou por nossas cabeças. A carta de convite para a escola de magia e bruxaria de Hogwarts finalmente chegara e não há palavras para descrever com exatidão como fora. A melhor parte é que eu já sabia tudo sobre o colégio, muito porque mamãe sempre falava dele - ela não havia estudado lá, mas queria muito que eu fizesse isso, muito porque havia devorado inúmeros livros. Havia adorado o salgueiro lutador, me encantado com a sala de poções e a história dos criadores, saboreado das aventuras de alguns bruxos naqueles terrenos e por fim, descoberto uma das quatro fraternidades: a sonserina. Se eu não tivesse um corvo, certamente meu animal de estimação seria uma cobra. No entanto, não era só a serpente que me seduzia. A casa em si era muito incompreendida pelos demais e muitos a desejavam apenas por sonharem grande, por quererem ser os vilões do pedaço. Engana-se quem pensa que é só isso, que o covil só deseja aniquilar os mestiços - apesar de que eu ajudaria fácil se fosse o caso - e conquistar o mundo, não, eles são bruxos que se colocam em primeiro lugar sem perder o senso de grupo. Se você for contra um deles, provavelmente estará indo contra a fúria de todos. Existe muita honra e poder envolvido e eu desejava ardentemente ter uma gravata daquelas cores. Todos nós temos lados diversos, as vezes tão opostos que nem parecemos as mesmas pessoas, mas a sonserina era a parte da minha alma que eu sentia valer a pena e estava disposta a agregar valor a ela. 

Nem tudo na vida são flores. Ao mesmo tempo em que descobri coisas maravilhosas sobre minha família e a sociedade ao meu redor, descobri também que alguns de meus buracos não poderiam ser fechados. Descobri uma parte de mim que passou a me atormentar dia após dia, passando de um pequeno grão de areia direto ao olho do furacão. Não era mais somente uma: havia outra dentro de mim, alguém tão brutal e enérgica que eu teria de aprender a lidar. Havia outra opção a não ser aceitar Birgit? Eu, Gyda, virei amiga do monstro dentro de mim.
LOTHBROK, GYDA
The lull in the midst of torment
Birgit Gyda Lothbrok
avatar
Varinha : Cedro, Fio de Cabelo de Veela, 27 cm, Flexível


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Get a long with the voices inside of my head.

Mensagem por Birgit Gyda Lothbrok em Sab 12 Dez 2015, 07:29

Em breve.
Birgit
hell
14, SLYTHERIN, DEVIL

Birgit Gyda Lothbrok
avatar
Varinha : Cedro, Fio de Cabelo de Veela, 27 cm, Flexível


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum