Parceiros e Afiliados
RPGs Parceiros
Afiliados em Geral

[MINISTERIAL] GEORGE ROBINSON FLETCHER

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[MINISTERIAL] GEORGE ROBINSON FLETCHER

Mensagem por George Robinson Fletcher em Dom 20 Dez 2015, 19:40

GEORGE ROBINSON FLETCHER
Agente de Regulamentação de Criaturas Mágicas Nível XXXX
Ricki Hall
Nenhuma
Humano
Instituto Durmstrang
Haus Feuer

História do Personagem
 > O homem peludo de barba tão longa quanto seu próprio cabelo e quantidade gigantesca de tatuagens pelo corpo. Assim George era mais conhecido, ou ainda para alguns, Aberração. O quanto ele se importava com a opinião das pessoas? Zero. Não ligava se as pessoas criticavam seu cabelo com o toque de gel para mantê-lo levemente curvado, se sentiam desconforto ao olhar a grande e vistosa barba do homem, ou ainda as tatuagens que escapavam facilmente por qualquer roupa que usasse, sendo que possuía as mais diversas por todo o corpo, incluindo seu pescoço.

[...]

George ingressou no Instituto Durmstrang assim que completou seus onze anos. Para ser mais preciso, seu primeiro dia de aula fora logo no primeiro dia de ano letivo, dia primeiro de setembro. A escola era um lugar interessante e curioso onde ele conseguia aprender sobre os mais diversos assuntos, dentre eles estava feitiços, poções e criaturas mágicas. Ele investia nestas três disciplinas, e conforme os anos passavam, ele abria mão das aulas de feitiços. Por mais que fosse interessante realizar as mais improváveis proezas, preferia utilizar apenas para complementar os outros conhecimentos. Durante seus longos anos em Durmstrang, ele tinha uma sede de conhecimento sobre as criaturas mágicas em especial, gastando longas e incessantes horas dentro da biblioteca, ou tirando dúvidas com seus professores. Ele realmente estava fascinado por aquele universo completamente novo e único. Sua mente ficava completamente imersa em tais pensamentos desde seu primeiro ano, onde vira as primeiras criaturas, e deste então George havia descoberto a profissão que gostaria de exercer.

Sua vida amorosa caminhava tão lentamente quanto seus esforços para aprender mais permitiam. Não demorou muito para que se apaixonasse pela primeira vez, descobrindo que era apenas uma ilusão desgostosa a partir do momento em que sua paixonite não compartilhava do amor pelas criaturas mágicas. Era um fato que George havia se decepcionado com aquilo, mas acabou por relevar e apenas parar de namorar. Alguns meses depois começou a se relacionar novamente, desta vez ultrapassando os limites, porém era apenas mais um novo relacionamento imaturo, e não durou mais que dois meses. George por fim desistiu de tentar nutrir alguma paixão naquele momento, mantendo seus estudos nas mais diversas criaturas, complexas, indomesticáveis, e mesmo as tediosas ou ainda sem classificação no Ministério da Magia Britânico. Porque usava os dados deles? Planejava seu futuro junto deles, e isso era imutável em sua mente. Apenas mantinha seus esforços estudando algumas criaturas mais populares, como os dragões. Dragões, criaturas tão populares mas também cheias de mistérios...

Os anos passavam e George ficava mais concentrado nos estudos de criaturas. Devido a isso, começou a fazer diversas tatuagens no corpo, começando por uma ave de rapina próximo ao pescoço, e desde que começou, não parou mais de fazê-las. Possui tatuagens espalhadas pelo corpo todo, e por mais que várias delas sejam escondidas pelas roupas em grande maioria, gosta de fazê-las e pretende continuar. Após se mudar para Londres, deixou o cabelo e barba crescerem, mantendo-os em um cumprimento que o agradasse. A partir deste momento, tentou ingressar no Ministério da Magia, e sem muito esforço pelo seu vasto conhecimento, conseguiu adentrar no local na área de criaturas mágicas. Desde então, exerce seu cargo com gosto e vontade, feliz por encontrar um cargo que realmente o deixasse feliz.

Características Psicológicas
 > George é o que pode-se dizer ser o resumo da anti-socialidade. Não por ter antropofobia, mas simplesmente por achar que algumas pessoas não valem a pena, já que muitas vezes são falsas ou fingem sentir algo que não é real, e ainda fingir uma educação inexistente. Por isso decidiu trabalhar com animais e criaturas ao invés de pessoas. Enquanto as pessoas tentam ferir com palavras para se sentirem superiores, as criaturas tentam ferir com garras, dentes, venenos e outros artifícios por instinto, necessidade de viver e defender seu habitat. Fora isso é direto, firme em suas decisões e necessita de bons argumentos para mudar suas convicções. O sotaque norueguês é forte, porém consegue falar inglês claramente para que todos possam entender com certa facilidade.

Narração de Cargo
 > Coloquei a mão entre os fios grossos da barba recém aparada. Continuava tão longa quanto antes, apenas havia cortado com uma tesoura de cabeleireiro os fios rebeldes que saíam do alinhamento que gostava na barba. Tirei os dedos dela e peguei um dos papéis sobre minha mesa, mordendo o lábio que não estava coberto pela barba, lendo cuidadosamente o conteúdo da ordem de serviço. Como sempre, era uma tentativa de contrabandos, e aquilo fez um sorriso se formar por trás de minha barba. Algumas vezes era estupidamente fácil conseguir enganar os contrabandistas. Me levantei da cadeira, deixando o papel sobre a mesa e entrando em uma pequena porta. Após cerca de cinco minutos, saí de dentro da sala vestindo roupas casuais, as quais mostravam grande parte das minhas tatuagens. – Perfeito. – Disse, dando meus passos para fora de minha sala, não demorando muito para chegar até o átrio para utilizar a rede de Flu. Peguei um punhado do pó esverdeado. – Travessa do Tranco. – Falei calmamente, jogando o pó no chão e sendo absorvido pelas chamas esverdeadas.

Cheguei dentro de uma loja antiga e abandonada, então logo limpei a poeira e me coloquei a andar, chegando em uma loja de poções que parecia prestes a desmoronar. Entrei na mesma, olhando para os frascos enquanto o atendente vinha, quase sorrateiro. – Ah, sim, sim. Tô procurando uma poção pra me deixar bem forte sabe. – Deixei a fala o mais informal possível, algo que eu havia conseguido ser craque após um tempo. – Me falaram que você tem aquele negócio do touro lá. Rena, rema, sabe do que tô falando? - Logo ele me corrigiu, mesmo eu sabendo exatamente que tratava-se de um boi gigantesco de cor dourada chamado Rês-ma. – Me dá um pouco do sangue desse negócio aí, eu pago bem. – Tirei um saco de galeões falsos de dentro do bolso, balançando para ele. Logo ele se explicou, dizendo que o boi ainda era filhote. – Me leva pra dar uma olhada nesse bicho aí. – E logo ele me guiava para os fundos da loja.

Lá estava o boi filhote, quase do tamanho de um boi trouxa comum. Minha mão tocou em minha varinha e abri um sorriso. – Quanto tu tá querendo nesse bicho? – Logo ele começou a falar valores abusrdos, então virei meu corpo passando uma rasteira nele, que caiu no chão, desesperado atrás da varinha. – Incarcerous! – As cordas prenderam o corpo do homem enquanto eu abaixava e pegava sua varinha, fechando os olhos e negando com a cabeça. – É... Acho que não vou querer comprar isso. Você está preso por tráfico de um Rês-ma raríssimo e em perigo de extinção. Ah, deve estar se perguntando que eu sou. – Deixei a risada escapar. – Agente Fletcher, regulamentação de criaturas. – Estiquei um braço para tocar no boi que parecia assustado e a outra toquei no criminoso. – Boi, você será bem cuidado, e você, criminoso. – Coloquei a ponta da língua no bigode antes de voltar a falar. – Vai mofar na cadeia. – Dei de ombros e aparatei com ambos dali, deixando uma última risada.
@ RPG HOGWARTS MW 2010-2015
George Robinson Fletcher
avatar
Cargo : Estudante


Varinha : Um Graveto.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [MINISTERIAL] GEORGE ROBINSON FLETCHER

Mensagem por The Siren Song em Ter 22 Dez 2015, 21:20

Ficha Aceita!
Comentários: Adorei a ficha, principalmente a descrição psicológica. Bem-vindo ao Ministério da Magia Britânico!
PS: Que tal tentar um relacionamento com a Tia Life? Já que os outros não deram certo...
PS²: Peça a mudança de rank no tópico de Atualizações, pois a Forumeiros ainda não deu esse poder pra Life. ;-;
The Siren Song
avatar
Administradores

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum